open
  • Seg. à Sex. das 9h às 18h | Sáb. das 9h às 13h
  • Whats App: (41) 9 8738-2121

  • Tel: (41) 3501-3978

Fale Conosco
Contato

  • (41) 3501-3978
  • Whats App: (41) 9 8738-2121

  • atendimento@belaevangelica.com.br
Aviso X
Ocorreu um erro!

0 Itens

Filtros
Categoria
Preço
Cor
Marca
Tamanho
Tamanho

SAIAS

Uma peça muito presente no guarda roupa feminino, principalmente as evangélicas. As saias com seus diferentes estilos, modelos, formatos, comprimentos e tipos de tecidos traz beleza e elegância aos looks femininos e ainda podem ter detalhes que deixam-na ainda mais bonita. MÍDI EVASÊ: Feminino e romântico, o modelo casa bem com sandálias de peso visual. Elas equilibram a proporção entre o volume da saia (mais largo) e dos tornozelos (mais estreito), minimizando o “efeito achatador” que a peça poderia causar e a tornando adequada a qualquer tipo de corpo. Midi Justa: ressalta as curvas e fica perfeita em corpos ampulheta (busto e quadris largos, cintura fina). Por isso deve ser evitada por mulheres que queiram parecer mais magras. As altas podem usar esta saia com qualquer sapato; já as baixinhas podem optar por combiná-la com um salto alto cor da pele, que alonga a silhueta. Qualquer tipo de blusa, larga ou justa, fica bem no look. Saia Reta: é um corte muito democrático uma vez que não aumenta as proporções do corpo e pode ser usado por mulheres de todos os tipos e de fácil combinação nos pés e na parte de cima. Plissada: Aumentam o volume do quadril, portanto esse modelo é mais indicado para mulheres que possuem quadril mais estreito. Para quebrar o ar tradicional pode usar a saia plissada com uma jaqueta jeans. Saia de pregas: Diferente do plissado, as pregas são feitas no momento da costura das peças e reforçadas posteriormente. As saias de pregas aparecem em filmes americanos e foram utilizadas como uniformes de escola, dando um ar fetichista à peça. Compõem interessantes looks nas estações frias e podem ser fabricadas com malhas, tecidos opacos e emborrachados, que imitam o couro, entre outros. Saias Godês: Típicas dos anos 1950 e 1980 e, nos dias de hoje, são sinônimo de romantismo e feminilidade. Elas são caracterizadas por serem bem rodadas e soltinhas, dando movimento ao visual, e por marcarem a região da cintura. Para dar um ar mais elegante aos looks, a peça pode ser confeccionada em tecidos nobres e modelagem sofisticada. Saia drapeada: Possui como característica o efeito “enrugado” do tecido e ficam bem ajustadas ao corpo. Pessoas que estejam um pouco mais cheinhas devem cuidar com o volume que o drapeado proporciona à silhueta. Saia de babados: Essas peças podem possuir diferentes tipos de babados, como regulares, irregulares, camadas, com textura ou em rufos, e podem aparecer em toda a saia ou apenas em áreas localizadas, como na barra. Se caracteriza por adicionar mais volume à silhueta, por isso, não é o modelo mais indicado para as mais cheinhas. Saia Evasê: Também conhecida como “saia em A”, este tipo de peça se caracteriza por uma modelagem que começa justa na região da cintura e é mais ampla em sua parte inferior, que geralmente chega até a altura dos joelhos. O modelo é ícone de Vanguarda – surgiu na década de 60 – e pode ser amplamente utilizado tanto por mulheres mais novas quanto por senhoras, modernas e conservadoras. Esses são alguns dos diferentes tipos de saias utilizados atualmente. Longa: Pode ser usada tanto para pessoas alta e magras, quanto pelas mais baixas. Existe sim uma maior facilidade para as mais altas na hora de escolher as estampas e cores, mas as baixinhas também podem e devem usa esse modelo. A dica é apostar em modelos de cintura alta e cor escura e pode ser combinado com um cardigã aberto para alongar a silhueta. LÁPIS: Acentua as curvas do corpo de forma equilibrada e fica bem tanto nas magrinhas quanto nas cheinhas. O comprimento ideal é na altura dos joelhos ou um pouco abaixo disso. Na parte de cima, blusas largas conferem um ar elegante e sofisticado. Fonte: Audaces

SAIAS

  • Produtos encontrados: 154
  •    
  • Produtos encontrados: 154
  •